Fomos: chegou o dia


Já estamos dentro do balão, deste balão que toca os céus e pousa em terras que ainda não conhecemos, mas até às quais seremos levados por esta vontade de ir. Chegou o dia, somos já essa casa, de seis pernas e braços, de que vos falávamos.

E este dia: é passado, é presente e futuro, em nós. Neste dia: somos passado – com tudo o que já vivemos; somos presente – porque todas essas histórias já vividas nos trouxeram até aqui, até este dia, até este acreditar que os sonhos são para serem vividos; e somos futuro por adivinhar – porque no dia em decidimos dar este passo, largar as ruas pelas quais passávamos todos os dias, deixar o supermercado onde fazíamos sempre as compras, e todas as coisas que dávamos por certas, dia após dia, nesse dia sabíamos que estamos a mudar o presente e com ele o devir.

Vamos encher os olhos de mundo, os corações de histórias de terras que ainda não conhecemos, de pessoas que ainda não têm nomes em nós; de momentos que a nossa memória vai guardar para deles construir memórias para o futuro.

Nesse balão entraremos pelo mundo adentro, e dentro dele vamos nós: com pouco do que temos (são 20 kg de coisas), mas com tudo o que somos e isso não se mede em quilos, nem litros, nem cifrões: somos família, somos amor, somos três corações, somos mil vontades, somos um sonho a formar-se, somos esperança, somos tudo. Dizem que tudo o que temos nos possui, nos limita ou delimita, acredito que sim, por isso, para levantarmos voo precisamos (simbólica e economicamente) de nos ir libertando de coisas que possuímos.
Nos últimos tempos senti-nos a viver já na cesta desse balão (que agora nos leva), vivíamos nela mas, para que o balão, que ela traz suspenso, pudesse fazer-nos voar, precisávamos de ‘deitar para fora’ da cesta tudo o que não fosse essencial. Sabíamos desses vinte quilos – era a dose certa –, nem mais, nem menos e transformamos uma casa em 20 kg, fomo-nos desapegando de tudo o que nos impedisse de subir. Temos menos, temos-nos mais.

E hoje já estamos a subir, dentro e alto, como o sonho que levamos connosco.
Chegamos a Paris, aqui nos despediremos da Europa.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15_assinatura
Agradecimentos:
Esta sessão é já parte desta viagem, queríamos registar a nossa família antes da partida e sentimos que ninguém nos poderia retratar melhor que o nosso amigo Ricardo, com o apoio e criatividade da Mónica – sua esposa e nossa amiga. Foi uma sessão a que a Tales of Light by Ricardo Silva chama de “Dream”. E parece-me que não há nome mais apropriado. Eles construíram, pelas próprias mãos, o balão, floriram-no e guardaram-nos o pôr do sol e o horizonte. Somos nós a cada imagem. Obrigada, amigos.
Agradecemos ainda à Sofia da Tu Chique, à Teresa da Made for Princess e à Jenny da Jenny make up land, por terem entrado neste balão connosco, por este sonho (nosso) vos caber também no peito.


Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

8 thoughts on “Fomos: chegou o dia

  • Bruna Torres

    Estas fotografias estão algo de mágico. Obrigada por nos encher o coração com os seus posts do blogue. Boa viagem professora! *

    • Miriam Post author

      Bruna, muito obrigada pelo carinho. Um beijinho desta (outrora) professora, com vontade de muito sucesso para os seus (outrora) alunos 🙂

  • Maria

    “A felicidade é um problema individual. Aqui, nenhum conselho é válido. Cada um deve procurar, por si, tornar-se feliz.”
    Sigmund Freud

    Sejam felizes!

    • Miriam Post author

      E tão bom era que todos o entendessem e procurassem o seu caminho ao invés de tentar repetir caminhos construídos. Freud, hoje ainda mais certo que no seu tempo.

      Um beijinho, Maria, por cá andamos, agora a ser felizes em Pequim 🙂

  • Anabela Magalhães

    Ainda não tinha visto este teu texto em jeito de despedida! E, como sempre, tornas tudo tão bonito e rodeias-te de todas as pessoas que podem fazer tudo parecer ainda mais bonito. Tens este especial dom de te fazeres rodear de pessoas que, como tu, como nós, amam a vida e tudo o que dela faz parte. Parabéns por esta história de luz, por estas fotografias fantásticas, por esse balão tão lindo e florido e por seres parte do meu mundo. Obrigada por me deixares subir contigo! Obrigada por seres tu e obrigada por serem vocês os três! Todos os dias penso em vocês e no vosso sonho agora tornado realidade. Que bom poder ir convosco e fazer parte dessa maravilhosa viagem! Um beijo ENORME e um abraço forte e carinhoso que envolva os três!

    • Miriam Post author

      Querida amiga, já foi escrito em Paris, os últimos dias em Portugal foram de um frenesim sem igual. Malas, questões a deixar resolvidas, últimas despedidas, surpresas de última hora…mas conseguimos. E agora é já de Pequim que te escrevo. Obrigada por estares connosco, sempre, sabes tão bem mostrá-lo e sabe-nos tão bem. Tu sobes e voas connosco porque consegues ver tão além e receber tanto no teu coração. Mil beijinhos, e um abraço apertado por estares sempre no nosso mundo, mesmo do outro lado do mundo.